quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Cortes de Cabelos perfeitos



A arte do ajuste




imperfeições (5)Como os cabeleireiros podem disfarçar esse ou aquele ponto fraco de cada cliente?

Estudo Cuidados Com o Corpo, feito pela Sophia Mind com 600 brasileiras entre 20 e 60 anos, apontou: mais de 90% das mulheres mudariam algo no corpo. Seja nariz grande, sejam orelhas de abano, é difícil encontrar alguém plenamente satisfeito consigo mesmo. Poucos profissionais conhecem melhor essa história do que os cabeleireiros. É de praxe os clientes pedirem para disfarçar esse ou aquele detalhe...
Mas a questão é: você conhece os looks que desviam a atenção de pequenas imperfeições? Tome nota das dicas de Ednei Soares, cabeleireiro da rede de salões Lady & Lord, e de Bruno Di Maglio, do Loft Hair Boutique.
imperfeições (4)Se o problema são... Orelhas de abano
A solução é...
Corte na altura dos ombros, desfiado a partir do queixo e com a franja fechada. Deve-se evitar cortes com degradê frontal e que deixam um “V” atrás. Optar pelas bases retas ou levemente arredondadas.
Se o problema é... Pescoço curto
A solução é...
Investir em cortes estilo chanel, curtos na nuca, de forma diagonal ou curto com volume em cima.
Se o problema é... Pescoço comprido
A solução é...
Cabeleiras longas com degradê na frente, que dão movimento à região. Cabelos curtos estão descartados, a menos que a pessoa não se importe em ter um visual exótico.
Drew BarrymoreSe o problema são... Bochechas grandes
A solução é...
Apostar em cortes sem volume, com o comprimento a partir do queixo. Franja desfiada na altura do nariz e nuca curta e pesada também são boas estratégias.
Se o problema é... Testa grande
A solução é...
Franja desfiadinha, que suaviza testas largas e altas. Se a preferência for pelas mais densas, na altura das sobrancelhas, deixar as laterais maiores.
imperfeições (7)Se o problema é... Testa pequena
A solução é...
Ficar longe das franjas, que encurtam ainda mais o rosto. Outra dica é não utilizar cortes com volume excessivo na parte superior da cabeça.
Se o problema é... Nariz grande
A solução é...
Optar por cortes repicados nas pontas e por franjas longas divididas ao meio e jogadas para trás. Não esconder a testa e nada de prender os fios, muito menos no estilo rabo de cavalo.
Se o problema é... Nariz pequeno
A solução é...
Cortes curtos ou leves. Deve-se evitar a franja, que deixa o nariz ainda mais em evidência.
imperfeições (3)Se o problema são... Olhos pequenos
A solução é...
Usar cortes bem desfiados e rentes à cabeça, com franjas ralas acima das sobrancelhas.
Se o problema é... Queixo protuberante
A solução é...
Investir em cabelos acima ou abaixo do queixo, desconectados e com as pontas viradas para fora. No caso de fios longos, as laterais devem ser iniciadas na altura dos ombros, dando volume à região e criando uma sombra.
Se o problema é... Queixo pequeno
A solução é...
Cabelo com comprimento médio, sem volume na parte superior, mas com bastante movimento e ondas largas a partir das orelhas. O volume no topo fica desproporcional ao rosto.
imperfeições (1)Se o problema é... Queixo quadrado
A solução é...
Corte com formato quadrado, com pontas texturizadas e voltadas para dentro.
Se o problema são... Ombros estreitos
A solução é...
Passar longe dos cortes médios na altura dos ombros. Quanto mais movimento houver na região, maior é a impressão de ombros e costas diminutos. A dica é investir nos curtos, que evidenciam ambos.

ADOREI ESSA MATÉRIA DA BSG!!!
ESTÁ NA REVISTA CABELEIREIROS.COM

Um comentário: